15/10/2011

Coerência sintática

Para que o texto seja coerente (e coeso), é necessário que as frases respeitem as regras sintéticas, a vários níveis, nomeadamente no que diz respeito à ordem das palavras, às concordâncias, à regência dos verbos do predicado.

1. As frases transcritas na coluna da esquerda não são coerentes. A falta de coerência decorre de erros de: ordenação dos elementos da frase (A), concordância (B) e regência preposicional (C).
• Estabelece, com as afirmações à direita, as correspondências que explicam o erro que retira a coerência.




2. Transforma-as em frases coerentes. Basta sublinhar o elemento incorreto e reescrevê-lo em baixo.
1. A Marta aprendeu dança numa escola em Londres clássica e contemporânea.
2. Aconselhei ao Pedro um livro que li e adorei no sábado.
3. "Soldado ferido" é o nome do retrato que pintou Courbet.
4. A Ana encontrou umas biografias de Garrett e leu-a numa tarde.
5. A turma foi ao Museu do Romantismo e gostaram imenso.
6. Haverão sempre jovens que apreciam os clássicos.
7. O piano é um instrumento criado pelos Românticos que eu gosto muito.
8. Garrei sempre gostou e escreveu versos muito sentimentais.
9. Não gostaste do livro porque não foi de encontro às tuas expectativas.